terça-feira, 6 de outubro de 2009

CATARATAS DE NIAGARA

O GPS tornou totalmente obsoletos os mapas rodoviários. Bastou colocar, em Washington, o endereço do hotel em Niagara Falls e a “Maria” nos conduziu por ruas, avenidas e estradas por mais de setecentos quilómetros, impecavelmente. Os mapas servem hoje apenas para os estrategistas definirem seus planos de exploração e viagens turísticas.

O lado americano das Cataratas estava de fazer dó, parecendo balneário fora de temporada. Chovia a beça, as ruas desertas e inúmeras placas de imóveis para alugar ou vender, afinal estamos no início do outono por estas bandas.

Já o lado canadense, que tem vista das cachoeiras mais ampla e mais bonita, tem também uma estrutura mais sofisticada e ativa, com bastante gente circulando e passeando por seus jardins. Há também uma bela torre belvedere que permite ver a exuberância e a força das águas.

Ao voltar de carro de um restaurante à noite (esquecemos de levar o GPS) nos perdemos e fomos parados pela polícia. Incrível né! Eles só queriam nos ajudar. E nos conduziram até um porto seguro. Quem não está acostumado estranha...


Em tempo, não dá para comparar as Cataratas de Niagara com as de Foz do Iguaçú.

1 Comentários:

Blogger Tiago Soeiro disse...

É impossível viajar de carro pelos EUA e Canadá e não ser parado pela polícia...hehehe

12 de outubro de 2009 13:50  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial